Este blog está encerrado.

O autor continua a publicar em http://jvnande.com.

Se quiser ler uma selecção de textos, clique aqui.

do humor em portugal

Um e-mail que um amigo me enviou há poucas horas continha uma anedota. Nada de mais, apenas uma anedota engraçada q.b., que me deu a sensação de "acho que já ouvi, mas". No entanto, fez-me reflectir sobre o humor em Portugal.

Não penso no Gato Fedorento (e nem me vou dar ao trabalho de fazer o link...). Penso no Fernando Rocha, nos Malucos do Riso, nos Batanetes e em todos os demais etceteras vulgares e brejeiros, que, na minha perspectiva, radicam no lendário "Cantinflas Português". A razão por que este tipo de humor tem tanto sucesso, frustrando quem tenta fazer algo de diferente e mesmo engolindo o próprio formato de stand-up que Pedro Tochas (que se manteve invicto), principalmente, e Nilton (que não poderá dizer o mesmo) e poucos mais, como as Produçóes Fictícias, trouxeram para cá, terá sem dúvida a ver com a forma da anedota, diferente da joke anglo-saxónica que está na base do stand-up. A anedota é, por natureza, exagerada, impossível, foge da realidade em vez de se construir com base nela, e por isso muito dada a temas sexuais ou de sugestão sexual. É por isso que, no dia seguinte a acontecimentos traumáticos, circulam já em Portugal, pujantes e viçosas, anedotas em tom negro sobre esses mesmos acontecimentos. Servirão uma necessidade escapista dos portugueses, mas, para fazer psicografias da nossa alma, não li suficiente Eduardo Lourenço. Seja como for, o primeiro ponto está assente: a anedota é um género predilecto em Portugal e o público prefere quem a saiba servir em formato já conhecido e apreciado.

Se o primeiro ponto tem a ver com um formato, o segundo terá a ver com o modo como a veia humorística (é lugar comum, mas não me ocorre outra expressão) existe nos portugueses. Desprovidos de uma atitude, como o witt inglês, criamos momentos. As pessoas riem-se, na generalidade das vezes, contando anedotas umas às outras e os momentos em que isso sucede ganham mesmo uma certa personalidade, quase como um "género de tempo".

(recordo-me da escola: pedíamos aos professores que a centésima aula de uma disciplina fosse "de anedotas", de modo a dar largas a uma certa expansividade teatral que, então, só sabíamos manifestar assim)

Por aqui se explica também a tendência para o humor que temos hoje em Portugal. Em muitos espectadores, a apreciação corresponde a um exercício de memorização de anedotas, com um intuito relacional óbvio e interessante. As séries uniformes de palavrões que Fernando Rocha juntou ou os chavões debitados nos Malucos dos Riso servem a muita gente para olear o trato social, desbloquear conversas e, nos casos mais deprimentes, alimentar a auto-estima. Não vou dizer que isso só revela uma necessidade urgente de educar o gosto do público, embora essa seja uma dimensão problemática da situação. Mas certamente explica algo aos autores sobre o público para quem trabalham e, por isso, deve ser tomado em conta por eles.

1 Comentários:

Blogger eduardo disse...

Envio-te os links dos melhores vídeos da semana no Brasil

Menino corta o cabelo e se desespera
http://www.youtube.com/watch?v=cqNuccpv9-0

Sátira da Presidenta da Republica Dilma Rousseff Responde comentário do Deputado Jair Bolsonaro
http://www.youtube.com/watch?v=wmyKpQK8x-g

Sátira da Presidenta Episodio 2 – Falando sobre a Inflação com o Ministro Guido Mantega
http://www.youtube.com/watch?v=b9ADezMyRmI


Esses 3 vídeos são os que estão fazendo sucesso essa semana no Brasil

3:37:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home

« Home | Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »


jorge vaz nande | homepage | del.icio.us | bloglines | facebook | e-mail | ligações |

Novembro 2003 Dezembro 2003 Janeiro 2004 Fevereiro 2004 Março 2004 Abril 2004 Maio 2004 Junho 2004 Julho 2004 Agosto 2004 Setembro 2004 Outubro 2004 Novembro 2004 Dezembro 2004 Janeiro 2005 Fevereiro 2005 Março 2005 Abril 2005 Maio 2005 Junho 2005 Julho 2005 Agosto 2005 Setembro 2005 Outubro 2005 Novembro 2005 Dezembro 2005 Janeiro 2006 Fevereiro 2006 Março 2006 Abril 2006 Maio 2006 Junho 2006 Julho 2006 Agosto 2006 Setembro 2006 Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009