Este blog está encerrado.

O autor continua a publicar em http://jvnande.com.

Se quiser ler uma selecção de textos, clique aqui.

CURIOSA COINCIDÊNCIA 1

Tenho reparado que, no canal Viver/Vivir (face diurna de um outro, bem mais popular), há espaços de programação nacional cujo mau gosto, não só chega, como rebola nas margens do ridículo. Tecnicamente limitados - o som, então, é horrível – são normalmente programas de informação ligeira, sobre desportos motorizados ou vida nocturna. Os locutores não fazem o mínimo esforço por esconderem as raízes e os tiques radiofónicos, e o visual também não ajuda. O curioso, no entanto, não é a imitação da rádio em si mesma, mas o tipo de rádio que se imita. O Viver, Vivir glorifica os formatos das (más) rádios locais, com separadores misturados com slogans, músicas escolhidas sem critério deixadas a tocar para encher horário, nomes de patrocinadores soltos ao acaso, entrevistas feitas sem interesse, quer do entrevistado, quer do entrevistador – em suma, assiste-se ao triunfo do lugar-comum.
Por outro lado, a herança radiofónica também se nota num anúncio que agora passa nos canais generalistas, principalmente à tarde, acompanhando as emissões da Volta a Portugal. Falo do anúncio à Madeinox – Sistemas de Montagem Profissionais, em que um homem vestido de operário puxa uma fita métrica onde, em vez de números, aparecem escritos os materiais e serviços desenvolvidos pela empresa: tubagens, silicones, etc. Quando o enquadramento se acaba, o homem larga a fita, a câmara sobe para o seu rosto, ele acaba de ditar os materiais, sorri, entra o slogan e o anúncio acaba. Não há qualquer intuito de narrativa, de pequena anedota, nem de embelezar o que não é belo. À herança radiofónica juntam-se aqui outras referências, como os anúncios de televisão antigos, onde se mostrava o produto e pouco mais. Simples e estranho à primeira vista, acaba por resultar bem menos ridículo do que os programas do Viver/Vivir.

0 Comentários:

Enviar um comentário

<< Home

« Home | Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »


jorge vaz nande | homepage | del.icio.us | bloglines | facebook | e-mail | ligações |

Novembro 2003 Dezembro 2003 Janeiro 2004 Fevereiro 2004 Março 2004 Abril 2004 Maio 2004 Junho 2004 Julho 2004 Agosto 2004 Setembro 2004 Outubro 2004 Novembro 2004 Dezembro 2004 Janeiro 2005 Fevereiro 2005 Março 2005 Abril 2005 Maio 2005 Junho 2005 Julho 2005 Agosto 2005 Setembro 2005 Outubro 2005 Novembro 2005 Dezembro 2005 Janeiro 2006 Fevereiro 2006 Março 2006 Abril 2006 Maio 2006 Junho 2006 Julho 2006 Agosto 2006 Setembro 2006 Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009