Este blog está encerrado.

O autor continua a publicar em http://jvnande.com.

Se quiser ler uma selecção de textos, clique aqui.

portugal

Eu leio os jornais, vejo uma prisão preventiva ser revogada a uma candidata que há tempos tinha fugido, supostamente ela sabia como tudo se ia passar, podia ter dado para o torto, ficou na PJ mais tempo do que devia, chegou-lhe a cheirar a traidores e prisão, mas a filha conseguiu que ela de lá saísse à custa de telefonemas para o tribunal.

Eu vejo televisão, vejo gente que vai governar outra funcionar puxada a uma corda chamada interesse, vejo candidatos atropelarem-se com as línguas.

As pessoas que não têm dinheiro agem como se o tivessem e as pessoas que o têm exibem-no até à náusea, até não o terem.

Quero fazer coisas, coisas boas, coisas úteis, não me deixam.

Vejo cada vez mais divulgada, cada vez merdamente mais divulgada, a ideia de "estágio não remunerado", ou uma neo-escravatura disfarçada sob a capa da ligação da honra ao trabalho, invertida e torta.

E de resto, o que fica?

Fica uma espécie de conta-atrás baixinho, uma paciência que se vai esgotando, um sentido de cidadania que já nasceu cansado, uma luta silenciosa contra a ideia, cada vez mais sedutora, de resignar à apatia, que quer atacar, quer atacar, quer atacar toda a gente.

4 Comentários:

Blogger Assumida Mente disse...

Quero crer firmemente que havemos sempre de resistir à apatia durante o caminho, se não nos esquecermos da razão pela qual começámos a caminhar!

1:17:00 da manhã  
Anonymous Ardelua disse...

Tenho vindo a pensar nestas questões. Comecei a ter consciência dos efeitos da globalização. Estes 'gajos' andam a empurrar-nos para um sistema em tudo idêntico ao americano, onde reina o "salve-se quem puder", quanto mais bronco e mais endinheirado melhor, onde tudo se compra...
É urgente que se comecem a formar movimentos cívicos que possam fazer frente a isto, já que os partidos de governo estão metidos no sistema até à ponta dos cabelos.
A situação é deveras preocupante.
Um abraço Jorge, e mais uma vez lhe digo que não desista. Há pessoas a sentirem o mesmo, e são mais do que pode parecer.

1:25:00 da manhã  
Blogger Cecília disse...

O comentário anterior é meu. Por lapso apareceu o nick. As minhas desculpas.

1:28:00 da manhã  
Blogger Roberto Iza Valdes disse...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

5:28:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

« Home | Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »


jorge vaz nande | homepage | del.icio.us | bloglines | facebook | e-mail | ligações |

Novembro 2003 Dezembro 2003 Janeiro 2004 Fevereiro 2004 Março 2004 Abril 2004 Maio 2004 Junho 2004 Julho 2004 Agosto 2004 Setembro 2004 Outubro 2004 Novembro 2004 Dezembro 2004 Janeiro 2005 Fevereiro 2005 Março 2005 Abril 2005 Maio 2005 Junho 2005 Julho 2005 Agosto 2005 Setembro 2005 Outubro 2005 Novembro 2005 Dezembro 2005 Janeiro 2006 Fevereiro 2006 Março 2006 Abril 2006 Maio 2006 Junho 2006 Julho 2006 Agosto 2006 Setembro 2006 Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009