Este blog está encerrado.

O autor continua a publicar em http://jvnande.com.

Se quiser ler uma selecção de textos, clique aqui.

papa bento 2

O que o documento da Congregação para a Educação Católica (que pode ser consultado aqui) afirma é, em resumo, que a homossexualidade, quer enquanto efectiva prática, quer enquanto tendência, deve ser erradicada dos seminários. Isto não é mais do que a ponta de uma longa corda de hipocrisias da igreja católica. Primeiro, há o desfasamento entre o tratamento teológico da sexualidade e as frequentes e conhecidas tolerâncias e silêncios relativamente a sacerdotes sexualmente activos que, por vezes, mantém mesmo núcleos familiares. Se a dimensão erótica da pessoa deve ser, à partida, anulada no sacerdote, qual a necessidade de especificar um erotismo homossexual face a um heterossexual? Depois, temos os recentes e famosos casos de abusos de menores, que, como refere o padre Feytor Pinto, parecem ter sido uma grande motivação para este documento. Só que isso reflecte duas coisas: uma tentativa desesperada de ligar à homossexualidade uma voracidade sexual incontrolável e comprometedora que leva inevitavelmente a uma conduta criminosa, o que é simplesmente ridículo; um estranho modo de combater o abuso sexual de menores nos seminários, tentando anular os impulsos sexuais... dos abusados!

Especificamente em resposta ao Marco Mendes Velho, que me chama "proletário e quase estalinista" aqui e "católico desiludido", "homossexual em vias de definição" e "ex-seminarista abusado" (em alternativa) aqui, digo que a Igreja Católica não é (se é, não deve ser) um Estado dentro do Estado, sendo-lhe assim plenamente aplicável a "cartilha constitucional de direitos e deveres" que vigora para qualquer pessoa (que eu saiba, pelo menos entre nós a Concordata não se sobrepõe à Consituição). Talvez seja por não gostar de determinado tipo de estupidezes em estruturas com poder que me preocupo com este assunto. É que um estúpido sem poder é apenas isso, mas um estúpido com poder é mais: é perigoso.

1 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Ó Jorge não adianta explicar as coisas a gajos que são burros por natureza. Não adianta. Esses gajos até podem saber utilizar alguns truques de argumentação. Não é preciso muito, basta ler o Expresso e frequentar alguma universidade por mais reles que seja. O que os gajos se esquecem é que a Igreja Católica é uma instituição que apenas segue os seus instintos de sobrevivência num mundo que não compreende. Agarrados ao preto das palavras e da teatralidade do culto não conseguem sair do circulo. São tão calculistas como os partidos políticos, sempre com medo de avançar porque não sabem que é melhor seguir o amor do que o calculismo de ver perder a gentinha da laia conservadora muito semelhante aos gajos que te criticaram. A igreja não sabe do amor, porque o amor exige progresso, tolerância e sobretudo não ter medo. E o que constato é que a Igreja vive e sempre viverá no medo, quando poderia viver no amor. Não sei por quanto tempo... Como esses gajos têm um poder de argumentação estafado afirmo que sou católico participante no templo e na vida real.

http://casa-de-meninas.blogspot.com

5:04:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

« Home | Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »


jorge vaz nande | homepage | del.icio.us | bloglines | facebook | e-mail | ligações |

Novembro 2003 Dezembro 2003 Janeiro 2004 Fevereiro 2004 Março 2004 Abril 2004 Maio 2004 Junho 2004 Julho 2004 Agosto 2004 Setembro 2004 Outubro 2004 Novembro 2004 Dezembro 2004 Janeiro 2005 Fevereiro 2005 Março 2005 Abril 2005 Maio 2005 Junho 2005 Julho 2005 Agosto 2005 Setembro 2005 Outubro 2005 Novembro 2005 Dezembro 2005 Janeiro 2006 Fevereiro 2006 Março 2006 Abril 2006 Maio 2006 Junho 2006 Julho 2006 Agosto 2006 Setembro 2006 Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009