Este blog está encerrado.

O autor continua a publicar em http://jvnande.com.

Se quiser ler uma selecção de textos, clique aqui.

a lei anti-tabaco

O deputado acrescentou que, "se um indivíduo consumir heroína ou cocaína num bar, tem uma de duas alternativas: ou se trata, ou paga uma multa de 25 euros, mas se o mesmo indivíduo fumar um cigarro, a lei aplica-lhe uma coima mínima no dobro do valor". Para Hélder Amaral, trata-se de "uma inversão dos valores comunitariamente aceites, pois para todos será mais grave consumir cocaína do que fumar um cigarro, mas esta lei vem afirmar o contrário".
Bem, não é que eu veja muita malta a consumir cocaína ou heroína às abertas em bares, mas também é verdade que já não saio há algum tempo. Também pode ser que Hélder Amaral seja, em matéria de noite, um louco. Eu cá tenho-me ficado pela Graça, onde é difícil encontrar sítio aberto para lá das 10 e meia e os outros consumos são discretos.

Quanto à questão do tabaco, eu, não fumador, não tenho tido grandes problemas. Zangas q.b., que insensatez toda a gente tem, mas nada que mereça vinganças dinásticas. Também é verdade que conheço pessoas que juntam o fumo a uma maior sensibilidade a pólens, ácaros e alergias. No essencial, tenho duas histórias para contar. Na Secção de Jornalismo da Associação Académica de Coimbra, deixou-se de fumar a dada altura porque um fumador - se o negrito não chegou, repito: um fumador -, que a dado altura se constipou, sentiu incómodo com o fumo que foi obrigado a suportar numa altura em que não podia recorrer ao vulgar cigarro para se irmanar com o ambiente. Essa foi a primeira história. Segunda história: uma amiga minha, fumadora - fumadora - foi fazer Erasmus para a Irlanda exactamente no ano em que a lei entrou em vigor. Opinião? "Óptimo!". Hã? Mas tu fumas. "Sim, mas assim posso sair à noite e não ficar com o raio da roupa toda a cheirar a fumo. E, quando nos apetecia fumar, eu e os meus amigos juntávamo-nos, íamos fumar um cigarro para a entrada e depois voltávamos". Parece lógico.

Seja como for, a verdade é que duas das opiniões anti-tabágicas mais exultantes a que assisti vieram de dois fumadores. De resto, quanto a questões de liberdades, trocamos o incómodo dos não-fumadores (o fumo terceiro) pelo incómodo dos fumadores (o movimento para a porta), o que, sinceramente, não me parece mal trocado.

6 Comentários:

Blogger Sara disse...

"Para todos será mais grave consumir cocaína do que fumar um cigarro"...

Dir-se-ia que não é bem assim, pois o consumo da cocaína, sendo da maior gravidade para o próprio, não afecta a saúde física dos restantes, e se a saúde social é afectada podemos sempre voltar costas a quem o faz. Mas contra um cigarro não adianta voltar costas, esse afecta sempre e é a saúde física que sai prejudicada.

12:30:00 da tarde  
Blogger Daniel MP disse...

Caro Nande, espero que estejas preparadíssimo para, em breve, seres obrigado a emagrecer pelo módico incómodo de baixares a Bica , voltando, 20 vezes a cada dia.

Quando parares de discutir direitos e desejos, ou seja, em matéria que reina um consenso alargadíssimo, dá uma olhadela no regime jurídico. Acrescento que sempre fui um frequentador da esplanada do Trop e não gosto assim tanto de enregelar.
Custando-me, não sou de atribuir o ímpeto moralista, o moralismo mesmo, à bancada dos azuis e amarelos. Mas ainda assim, acho muito bem que as pessoas, os indivíduos sem trela, se vão questionando a respeito de certos hábitos e práticas em nome da relevância atribuída ao bem-estar alheio.

disclaimer: Eu não defendo, nem sequer sou da opinião, que estejas gordinho. Poderia muito bem ter-me referido a óculos, sinais, hábitos vernaculares, comunhão de bens, horários das refeições, vírgulas, penteados, música e livros. As encenações e coreógrafias além-fronteiras já têm apresentado ocultações de momentos que o autor escreveu num passado (decerto bárbaro, em desrespeito absoluto), antes considerado clássico.

9:25:00 da tarde  
Blogger Daniel MP disse...

Já agora, era o Justi?

9:28:00 da tarde  
Anonymous JVN disse...

Meu caro Daniel, como sabes, trelas também não é coisa que me agrade. Sim, o excesso é cão e eu não gosto de imposições, ainda menos que venham de cima impor boa educação. Insuportável também quando vêm de baixo e, sinceramente, não sei de onde virá um Governo. Não me importo de viver no razoável da boa educação e é triste que tenha uma lei que estar para saltar para que se pense no que o razoável poderá ser. Eu só quero que as pessoas estejam bem, consigo e umas com as outras (e, sabendo que seria completamente impossível pensares que eu estou gordinho e estranhando sobre como é que essa ideia por vezes poderá passar pela cabeça a alguns, lembro-te que nos nossos primeiros tempos de CCDR, quando morava perto do Avenida, andava lampeiramente meia hora até lá - mas compreendo o que quiseste dizer, point taken).

Resumindo: isto foi partilhar experiências, não especialmente uma opinião. Quanto ao azuis e amarelos, bem, olha, pá, temos que nos rir de alguma coisa.

E não - era o Guilherme.

12:26:00 da manhã  
Blogger Daniel MP disse...

Claro...como é que não pensei no Guilherme, debilitadíssimo, cof cof.

12:38:00 da manhã  
Anonymous JVN disse...

Não é bem assim... a salinha antiga, a pequenina lá de baixo, cheia de fumo não era pêra-doce. E o tipo só veio com isso depois de se ter curado. Ficou-lhe bem, ao Morsa, ter pensado nisso.

11:25:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

« Home | Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »


jorge vaz nande | homepage | del.icio.us | bloglines | facebook | e-mail | ligações |

Novembro 2003 Dezembro 2003 Janeiro 2004 Fevereiro 2004 Março 2004 Abril 2004 Maio 2004 Junho 2004 Julho 2004 Agosto 2004 Setembro 2004 Outubro 2004 Novembro 2004 Dezembro 2004 Janeiro 2005 Fevereiro 2005 Março 2005 Abril 2005 Maio 2005 Junho 2005 Julho 2005 Agosto 2005 Setembro 2005 Outubro 2005 Novembro 2005 Dezembro 2005 Janeiro 2006 Fevereiro 2006 Março 2006 Abril 2006 Maio 2006 Junho 2006 Julho 2006 Agosto 2006 Setembro 2006 Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009