Este blog está encerrado.

O autor continua a publicar em http://jvnande.com.

Se quiser ler uma selecção de textos, clique aqui.

o que é um blog 3

Aforismos que continuam a discussão com o João Pedro Pereira:

1- Eu procuro encontrar elementos para uma definição de blog que englobe as formas variáveis de blogs e exclua todos os outros tipos de sites;
1.2- Porque não me parece que os elementos de "ordem cronológica inversa" e de "ausência de hierarquização gráfica do conteúdo" sejam elementos essenciais a uma definição de blog - porque a possibilidade de não se verificarem não implica automaticamente que estejamos perante um não-blog -, mas são elementos usuais dos mesmos, admito a sua inclusão na definição sem esquecer essa condição de elementos usuais;
1.3- O João Pedro Pereira justifica a "ausência de hierarquização gráfica" como elemento de uma definição de blog dizendo que "o layout de qualquer blog dá realce aos posts". Não entendo: se dá realce, presume-se que estes são superiores. Mas que não exista hierarquização entre o conteúdo dos posts, ou seja, entre o conteúdo das actualizações, isso será outra história - e o "linear" na minha definição tem esse mesmo sentido, embora admita que uma clarificação seja devida -, mas não podemos excluir o título, as descrições, etc, do conteúdo de um blog. Proponho então a solução de consenso de ausência de hierarquização - deixe-se cair o "gráfica", já que as modalidades de hierarquização podem ser várias - das actualizações;

2- A "frequência" da actualização é uma característica temporal;
2.1- Como tal, não podemos definir "frequência" a partir de considerações externas ao tempo;
2.2- Assim, uma coisa é a frequência de actualização do The Lonely Fork In The Road, outra é a minha capacidade para manter o interesse;
2.3- Até porque um blog que publique um post por dia sobre um assunto desinteressante terá uma actualização frequente, mas menos visitas recorrentes do que um que trate de assuntos interessantes publicando um post por semana;
2.4- Assim, "frequência" não pode ser definida segundo a recorrência de visitas que possa suscitar, já que se tratam de duas dimensões independentes;
2.5- "Frequência" é uma repetição amiudada no tempo e, como tal, ao incluí-la na definição de blog, temos de definir a intensidade de repetição no tempo;
2.6- O que é demasiado custoso, dada a multiplicidade de situações de "frequência de actualização" possíveis;
2.7- Por isso mesmo, é que a questão a que procuramos responder não é "se o The Lonely Fork In The Road publicasse um post por ano, deixaria de ter visitas?", mas sim "se o The Lonely Fork In The Road publicasse um post por ano, deixaria de ser um blog?";
2.8- Como um blog não depende de visitas para o ser, a resposta é "não";
2.9- "Frequência" não é, assim, um elemento que deva integrar uma definição pura de blog;
2.10- Até porque, se se pretende dar realce à sucessão de posts como principal suporte do conteúdo de um blog, a noção de "estruturação em torno de actualizações não hierarquizadas de conteúdo" serve perfeitamente;

3- Não me parece lícito dizer que um blog é um site "cujo(s) autor(es) tem uma intencionalidade de tornar o conteúdo passível de ser conhecido por terceiros";
3.1- Porque, mais uma vez, faço a pergunta "se o autor de um blog não tiver essa intencionalidade, deixa de existir um blog?" e surge-me a resposta não;
3.2- Não excluo um blog cujo conteúdo corresponda ao de um diário íntimo, tal como não excluo um blog que trate de notícias relacionadas com cultura;
3.3- E não excluo porque isso são as características do conteúdo do blog, não do blog em si mesmo e, por isso mesmo, não as integro numa definição deste;

4- Concordo, no entanto, com a inclusão na definição do elemento da autoria;

5- A definição que avancei previamente exclui os RSS readers e até o "blog de blogs", o Kinja, já que a actualização temporal nestes não é linear/não hierarquizada (o "depois" vale mais do que o "antes");

6- Aceito que o site que mencionei no post anterior não seja considerado blog pela minha própria definição, já que, nele, o "antes" e o "depois" não têm grande importância (é um baú com recortes, sendo o tempo um elemento dispensável, já que importa mais o facto de eles estarem lá do que o momento em que para lá foram; desminto assim a afirmação de que "a ligação entre o conteúdo e o tempo regula-se nele da mesma maneira do que em qualquer blog"). Será uma ferramenta web-based, como o João Pedro Pereira indica.

Assim, como resultado da reflexão, revejo a definição avançada no início: um blog será um site estruturado em torno de inclusões de conteúdo sucessivas, não hierarquizadas e não automatizadas (POSTS) que decorrem num período temporal definido, seja este aberto ou fechado.

2 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

depois de ler dezenas e dezenas de definições sobre o que é um blog, e de eu próprio ter procurado burilar as minhas, acabei de encontrar a melhor de todas:
"a rapaziada não sabe que um blog: é como bater uma punheta à janela com todo o bairro a olhar".
Depois do devido tempo para que a leiam bem, e se necessário afastarem algum preconceito pergunto, alguém é agora capaz de contrapor alguma definição melhor?

12:41:00 da manhã  
Anonymous jvn disse...

Ninguém, pá, a definição está excelente. Curiosamente, coincide muito com a minha de comentário anónimo, que é "bater uma punheta à janela com todo o bairro a olhar e a persiana a tapar-me a cara".

10:40:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

« Home | Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »


jorge vaz nande | homepage | del.icio.us | bloglines | facebook | e-mail | ligações |

Novembro 2003 Dezembro 2003 Janeiro 2004 Fevereiro 2004 Março 2004 Abril 2004 Maio 2004 Junho 2004 Julho 2004 Agosto 2004 Setembro 2004 Outubro 2004 Novembro 2004 Dezembro 2004 Janeiro 2005 Fevereiro 2005 Março 2005 Abril 2005 Maio 2005 Junho 2005 Julho 2005 Agosto 2005 Setembro 2005 Outubro 2005 Novembro 2005 Dezembro 2005 Janeiro 2006 Fevereiro 2006 Março 2006 Abril 2006 Maio 2006 Junho 2006 Julho 2006 Agosto 2006 Setembro 2006 Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009