Este blog está encerrado.

O autor continua a publicar em http://jvnande.com.

Se quiser ler uma selecção de textos, clique aqui.

os encapuçados de coimbra

Como não sou nem da JSD nem do Bloco de Esquerda, estou à vontade para salientar algo de muito simples: não foram os três manifestantes que se disseram do Bloco, foram os elementos da clique cavaquista que os identificaram como tal. Aliás, no Público de hoje, um dos jotinhas dizia que sabia que assim era, pois conhecia-os da lista do Bloco para a Associação Académica. Seria bom que se identificasse que lista era essa, pois as listas mais à esquerda para a AAC são normalmente multipartidárias e têm de atender muito mais aos interesses das repúblicas do que dos partidos. Várias repúblicas são, aliás, órgãos politicamente muito vincados que tendem a agir isoladamente ou concertadamente para cumprir uma agenda própria e independente da dos partidos políticos de que estão mais ou menos próximas. É uma pena que o aproveitamente político deste acontecimento pela comunicação social e pelos operacionais de campanha esconda mais uma vez esta particularidade de Coimbra ao resto do país.

2 Comentários:

Blogger Paulo Aroso Campos disse...

Olá! Sei que não és propriamente fã do cavaco Silva e estás no teu direito, mas daí a chamar nomes a alguém só porque essas pessoas têm uma opção politica não está correcto; ainda mais quando eles depois falam que nem sequer vão votar e que se manifestaram porque é um direito que lhes assiste. Já li muitas opiniões de pessoas que não gostam do Cavaco Silva, inclusivé as tuas - em que só não percebo o porquê de tanto rancor - mas são fundamentadas. Agora este tipo de insultos não acho que sejam consagrados como o uso do direito de manifestação.
Coloquei um post sobre isso no meu blog, gostaria que passasses lá para ver.
Saudações Académicas!

3:44:00 da manhã  
Anonymous jorge disse...

É verdade, não está correcto. Aliás, é bom ver como nós, hoje, consideramos "fascistas" um nome. No entanto, não é essa a questão sobre que me debruço. O aproveitamento político feito pelos elementos da JSD ao ligar a acção ao BE é desonesto ou demonstra desinformação. E, ainda que não concorde com os termos usados pelos três (três!) manifestantes na sua faixa, eles têm o direito de os usar, ainda para mais quando qualquer alma esclarecida sabe que o choque é arma válida em política. A agressão física é que já não o é. Mas, mais uma vez, não foi essa a questão sobre que me debrucei.

7:03:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

« Home | Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »
| Próximo »


jorge vaz nande | homepage | del.icio.us | bloglines | facebook | e-mail | ligações |

Novembro 2003 Dezembro 2003 Janeiro 2004 Fevereiro 2004 Março 2004 Abril 2004 Maio 2004 Junho 2004 Julho 2004 Agosto 2004 Setembro 2004 Outubro 2004 Novembro 2004 Dezembro 2004 Janeiro 2005 Fevereiro 2005 Março 2005 Abril 2005 Maio 2005 Junho 2005 Julho 2005 Agosto 2005 Setembro 2005 Outubro 2005 Novembro 2005 Dezembro 2005 Janeiro 2006 Fevereiro 2006 Março 2006 Abril 2006 Maio 2006 Junho 2006 Julho 2006 Agosto 2006 Setembro 2006 Outubro 2006 Novembro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Maio 2009 Junho 2009 Julho 2009 Agosto 2009